sábado, 27 de julho de 2013

Virar americano 'faz mal para a saúde'



video
Um número crescente de pesquisas científicas estão chegando a uma conclusão que vai no sentido contrário da filosofia do "sonho americano": virar americano pode fazer mal para a saúde dos imigrantes.
Grafite de rua
Os americanos de origem hispânica vivem em média três anos a menos que a geração dos seus pais. E a expectativa dos imigrantes originais é reduzida quanto mais tempo eles passam nos Estados Unidos.
A explicação pode estar no estilo de vida, diz o correspondente da BBC Brasil em Washington, Pablo Uchoa. Mas pode ser também uma questão de atitude.