segunda-feira, 14 de maio de 2012

O Estrangeiro de Guilherme de Almeida

O Estrangeiro....Que a gente encontra, ás vezes, no fundo de um espelho.
Quem és tu? 
  - Se eu soubesse, não diria.
De onde vens?
  - De um país que não tem nome.
Quando chegaste?
  - Certo noite...  um dia...
Sozinho?
  - Minha sombra acompanhou-me.
Que trazes?
  - A esperança de um "jamais".
Vieste?...
  - Lembrar ou esquecer aqui.
Lembrar o que?
  - Já não me lembro mais.
Vieste esquecer o quê?
  - Já me esqueci.




De: Guilherme de Almeida
_________________________________________________________________
Postado por:ByPrila                Fonte:QCS?

Um comentário:

  1. Pri,

    Tudo OK por ai?

    Tenha um lindo fim de tarde.

    Abraços

    Silmara Freitas

    ResponderExcluir